Tag Archives: fashion rio

Fashion Rio inverno 2011 & o cinema

12 fev

Que o mundo do cinema e da moda sempre se cruzam por aí já sabemos, mas muitas vezes a sétima arte se torna indispensável para o universo fashion, não apenas por seus figurinos ou suas grandes estrelas, mas servindo de inspiração pra toda uma coleção.
Foi o que vimos no Fashion Rio inverno 2011, onde filmes ganharam destaque em três grandes desfiles, tendo, cada um a sua maneira, reconstruído seus enredos e seus detalhes.

Patachou Inverno 2011

A Patachou resolveu trazer para seu inverno 2011 a temática dos filmes de suspense. Suas cores apagadas, sua aura intranquila e sua obscuridade resultaram em uma cartela de cores sóbria: preto, marinho e cinza grafite. A alfaiataria veio presente em toda a coleção, em peças que brincavam com as formas sendo bem justas ao corpo, mas com pequenos volumes. Se as cartela de cores veio bem reduzida não se pode dizer o mesmo dos tecidos e técnicas que vinham nas roupas. Essas variavam entre cetins, tules, tricô, couro, jacquard…
No entanto, não era apenas na obscuridade dos tons que a coleção trazia o lado sombrio dos filmes de suspense, já que havia uma brincadeira constante com as transparências, com as misturas de formas e volumes, além do próprio jogo de luz criado pelo brilho de muitas peças.
Merece destaque o sapato da Patachou, com trançados de couro que faziam referência as treliças do filme Janela Indiscreta.

Patachou inverno 2011

Janela Indiscreta

O filme, de Alfred Hitcoch, data de 1954, tendo uma refilmagem feita em 1998. O clássico da década de 50 conta a história do fotógrafo Jeff, que depois de quebrar a perna e ficar de repouso em casa, aproveita suas horas de descanso vendo a vizinhança pelas lentes de sua tele-objetiva.  Desconfiado de que foi testemunha de um homicídio, Jeff passa a fazer de tudo para confirmar suas suspeitas e provar que há um assassino no bairro.

Cena do filme "Janela Indiscreta"

Nica Kessler Inverno 2011

Uma onda vintage, bem estilo americano dos anos 60 e 70 pairava no ar. Com os filmes “Mary Poppins” e “Ironias do amor” como pano de fundo, Nica Kessler falou sobre uma mulher “bem comportada”, mas que, ao mesmo tempo, vinha cheia de toques ultra femininos. Isso se expressava na cintura marcada, no comprimento das saias além dos joelhos e no mix de estampas , em clara referências ao lúdico de “Mary Poppins”  e a loucura engraçada da personagem Jordan, de “Ironias do amor”.
Cartela de cores: Cinza, preto, branco, azul marinho, marrom e mostarda.

Nica Kessler inverno 2011

Mary Poppins

Lançado em 1964, o filme se passa na Londres de 1910, onde Mary Poppins (Julie Andrews) vai trabalhar como babá dos filhos do banqueiro Mr. Banks, depois de inúmeras tentativas frustradas de achar alguém para o cargo. As crianças sapecas e toda a família se surpreenderão não apenas com as habilidades de Mary, mas ainda com seus poderes mágicos e sua capacidade, ao lado do amigo Bert, de trazer diversão para todos.

Ironias do amor

O filme de 2oo9 conta a história do casal Charlie (Jesse Bradford) e Jordan (Elisha Cuthbert) que, mesmo tão diferentes, se apaixonam e passam a viver uma história de amor. A comédia romântica dá uma reviravolta quando, no ápice da paixão, as diferenças entre o casal falam mais alto e ambos decidem se distanciar para poderem tentar transformar o relacionamento passageiro em algo mais sério.

"Mary Poppins" e "Ironias do Amor"

Aüslander Inverno 2011

Diferente do que costumava apresentar em suas coleções, a Aüslander trouxe para seu inverno 2011 uma pegada street wear bem mais leve, dosando-a em diferentes momentos na passarela. Dando destaque ao couro e ao sintético, a marca teve como base para sua coleção o andarilho Chris McCandless, a grande inspiração do filme Na Natureza Selvagem. Sua cartela de cores ia do vermelho até o camelo passando pelo amarelo, cinza, preto e pele, apresentando xadrezes, flanelados e moletons que se encaixavam na figura do viajante representada na coleção.

Auslander inverno 2011

Na Natureza Selvagem

O filme dirigido por Sean Penn foi lançado em 2007 e conta a história de Chris McCandless, um jovem de 21 anos recém-formado da faculdade que decide sair do conforto de sua casa nos EUA e partir para uma empreitada no Alasca. Acompanhado apenas pela natureza, as provações passadas em sua nova vida são relatadas ao longo do filme, inspirado na obra homônima de Jon Krakauer.

"Na Natureza Selvagem", filme de Sean Penn

Anúncios

Walter Salles e Coppola juntos em On The Road

15 maio

Salles e Coppola

A obra prima On the Road, do escritor Jack Kerouac, vai ser adaptada para o cinema graças a uma parceria entre o diretor brasileiro Walter Salles e Francis Coppola.

No projeto, Salles ficará encarregado de dirigir o filme e dividirá a produção com Coppola.

On The Road é a história de dois amigos, Sal Paradise e Dean Moriaty, que viajam de ponta a ponta dos EUA. E é a dupla de atores Sam Riley e Garret Hedlund que darão vida às personagens. Kristen Stewart, a Bella de Crepúsculo, interpretará a esposa de Paradise, Marylou.

Sam Riley, Kristen Stewart e Garret Hedlund

O financiamento do longa será feito pela produtora francesa MK2 – o orçamento do filme estima um gasto de até 25 milhões de dólares. On The Road começa a ser rodado em agosto, tendo locações nos EUA, Canadá e México. A montagem será feita no Brasil.

Salles viajou pelos EUA seguindo os passos dos seus heróis para preparar a adaptação e aproveitou para filmar o documentário Em Busca de On the Road.

Já obra publicada em 1957 exerceu grande influência na música e nos movimentos hippie e punk durante os anos 60.

Maria Bonita Extra no Fashion Rio Inverno 2010 (Foto: Porto Cultura)

E é claro que a moda também se inspirou em On the Road. Durante o Fashion Rio Inverno 2010, várias marcas apresentaram modelos pé na estrada.

A grife Maria Bonita Extra compôs looks com chapéus forasteiros, estilo Indiana Jones e muitas estampas abstratas. O casaquete de veludo com ombro estruturado, o tomara que caia e as saias curtinhas de cintura alta também foram frequentes.

Para completar o visual, sapatos estilo Oxford com tachinhas dividiram a passarela com as sandálias de salto alto.

O sucesso de On the Road está garantido na moda, na literatura e, agora, no cinema!

Regiane Folter.

A vinda de Givenchy ao Brasil trará o luxo de Audrey Hepburn às tendências nacionais

3 jun

audrey_blog

 

Sapatilha, olhos bem delineados, calça justinha, pretinho básico, esses são alguns elementos que o ícone fashion Audrey Hepburn introduziu ao nosso dia- a- dia.
Audrey Hepburn mais que talentosa atriz e dedicada bailarina foi modelo de estilo e exemplo de mulher ativa na sua década e até hoje é inspiração para muitas mulheres.
Muitos dos looks que a atriz exibiu em seus filmes são de responsabilidade do amigo estilista francês Hubert de Givenchy que estará no Brasil na 15ª edição do Fashion Rio.
Audrey era, para ele, a musa absoluta e um exemplo de beleza a ser copiada.
O estilista está fazendo uma exposição de vestidos de sua autoria usados pela atriz em diversos filmes, como: Sabrina, Cinderela em Paris, Um Amor na Tarde, Bonequinha de luxo, Charada, Quando Paris alucina e Como roubar um milhão de dólares.

Annex%20-%20Hepburn,%20Audrey%20(Breakfast%20at%20Tiffany%27s)_14O vestido preto usado pela atriz em Bonequinha de Luxo já é sinônimo de bom gosto e será leiloado em dezembro deste ano. Estima-se um lance de 100 mil dólares para ele.
Audrey é um ícone fashion- chique assim como Grace Kelly e Jackie Onassis são, mesmo que sua beleza não estivesse adequada aos padrões de sua época, era “alta, ossuda, de pés excessivamente grandes”.
O seus famosos vestidinhos são os Cocktail Dresses , curtos, feitos com tecido estruturado e nobre e adaptáveis as mais diversas ocasiões.
Muitas grifes já apostaram nesse estilo em várias coleções como a Gap, que inclusive fez uma campanha em que Audrey aparece dançando com suas calças pretas justinhas.
Além de outras marcas como:Donna Karan, Prada Mil Mil, Lanvin, Moschio.
Mas não são só as internacionais que exibem o estilo Audrey de ser, pois grifes brasileiras como Huis Clos, Cris Barros, Fórum, Glória Coelho, Melkz- Da, Walter Rodrigues e Zig Freda apostam em várias releiruras dos cocktail dresses.
Além de várias citações em livros de moda, Audrey tem várias biografias e a última foi feita por feita por Donald Spolo, chamada Feitiço: a vida de Audrey Hepburn, onde o autor dá ênfase ao papel ativo humanista da diva que até a sua morte foi embaixadora da UNICEF.
04-audrey-sabrinaAlém das outras biografias já feitas sobre a atriz como How to be lovely de Melissa Hellstem, Audrey Style de Pamela Clarke Keogh e Things a Woman shoud know about style de Karen Honor.
Com suas pérolas, camisas brancas e lenços Hermés,Audrey ensinou e continua ensinando as mulheres que a simplicidade é a essência de uma moda atemporal.

Por Laura Luz