Tag Archives: SPFW

São Paulo Fashion Week & o cinema

18 fev

Se a temporada de inverno 2011 do Fashion Rio já tinha mostrado que o cinema e a moda podem muito bem caminhar juntos, o São Paulo Fashion Week – mesmo que de maneira mais tímida – veio para provar de vez a influência que uma área tem sob a outra.

FH por Fause Haten

FH por Fause Haten se apresentou na Bienal do Ibirapuera com uma coleção intitulada “N.A.D.A, simplicidade e essência”.  Os brilhos e o tom pesado da coleção apareciam em cada nova peça que as modelos desfilavam na passarela, em contraste com grandes perucas loiras que faziam um jogo lúdico entre branco e preto. Sem excessos, com silhuetas ora mais amplas ora mais ajustadas ao corpo, Fause Haten apostou no brilho dos cristais – que permeavam toda a coleção – para mostrar a força de suas peças. Sua apresentação, no entanto, não parou por aí. Depois que todas as modelos desfilaram e sentaram em cadeiras, a passarela foi invadida por um piano e a dança do casal de bailarinos Melissa Soares e Gustavo Lopes.
Além disso, para construir sua coleção, Fausen também se inspirou na personagem de Catherine Deneuve, Séverine, em” A Bela da Tarde”.

FH por Fause Haten inverno 2011 no SPFW

A Bela da Tarde

A “Bela da Tarde,” de 1967, conta a história de Séverine – interpretada pela linda Catherine Deneuve – uma dona de casa rica, bonita e casada com um cirurgião famoso. Contrariando sua suposta vida perfeita, a protagonista do filme se sente infeliz no casamento e passa a ter uma vida dupla onde durante as noites é a esposa recatada e, durante as tardes, a grande estrela de um bordel onde realiza seus desejos sexuais.
Do diretor Luis Buñuel, o filme é a adaptação de uma obra de Soseph Kessel.

Capa e imagem do filme "A Bela da Tarde"

A atriz Catherine Deneuve que interpreta a personagem Séverine

Tendência: o estilo militar vai invadir as ruas!

5 abr

Desfile da Cantão no SPFW 2010 (Foto: O Globo)

Não precisa ser um aficionado por moda para notar que os looks militares voltaram com tudo nesse inverno. Mas o encanto por esse estilo não é de hoje. As roupas militares já marcavam presença no guarda-roupa de nossos avós.

É que a origem desse estilo está nos anos 30 – um período marcado por guerras. Nessa época, o verde-oliva rústico, usado na confecção de uniformes militares, era o único tecido abundante e barato disponível.

De lá para cá, muitos anos se passaram e o tempo não volta atrás. A moda, felizmente, sim. Tanto que a ultima semana de moda de Paris deixou claro que o militarismo vem com tudo na nova estação.

Reinaldo Lourenço também investiu no militarismo (Foto: Abril)

E o Brasil, por sua vez, também não ficou para trás e, marcas como Cantão e Reinaldo Lourenço, apresentaram seus toques militares em peças como jaquetas, casacos e botas. Todos os desfiles, aliás, esbanjaram atitude e muita sofisticação.

Até Madonna já aderiu ao estilo

E mais: a popstar Madonna mostrou que é fã da tendência e aderiu ao estilo no clipe da canção American Life, de 2003. No vídeo, ela aparece vestida como uma autêntica  guerrilheira, trajando um macacão com estampa camuflada.

Com o aval da musa e a aposta dos estilistas, só nos resta esperar para ver o quanto essa moda vai influenciar nas passarelas, cinema e cotidiano.

Mas isso são cenas de um próximo capitulo. No mais, aliste-se já!

Renata Coelho.